O Estilo de Carine Roitfeld

4
538

Carine Roitfeld está deixando a Vogue Paris. Após dez anos no comando da publicação, ela que começou no mundo da moda como modelo e deu novo fôlego à revista, diz estar na hora de se dedicar à projetos pessoais.

Prazer, Carine!

Sexy, arrojada e visionária, dizem também que Carine é a mais acessível das poderosas editoras de moda da atualidade. Menos comercial que a americana e com um projeto gráfico ousado, a revista é leitura obrigatória para quem trabalha com moda.

E se uma publicação tão importante tem a cara de sua editora (que nada tem de diabo e nunca usaria apenas Prada), nada melhor do que se inspirar no estilo dessa parisiense de 56 anos, virginiana, mãe de dois filhos e ícone fashion para meio mundo de pessoas.

Carine Roitfeld nos ensina com seus looks …


… a não ter vergonha em repetir peças que amamos!


Carine tem um caso de amor com essas sandálias Azzedine Alaïa
Uma bela blusa não pode ser desperdiçada!

Adoro ver Carine com essas sandálias maravilhosas de Azzedine Alaïa. Ela parece tão gente como a gente! Parece que quando se encanta com algo, usa até não poder mais! Tanto que nas imagens dessa camisa com pegada militar maravilhosa, ela já está usando as sandálias de novo com uma proposta completamente diferente. Essa é só mais uma prova como criatividade – muito mais do que quantidade – está mais em alta do que nunca!

… a não tentar competir com a filha jovem e cheia de curvas!


Ambas lindas respeitando idades e estilos

Na corrida desenfreada pela juventude nestes nossos tempos, não é toda mãe que aceita ter uma filha jovem, bonita e de pele viçosa (sem auxílio de botox). Porém, Carine mostra como é possível estar elegante e não passar despercebida ao lado da filha sem tentar concorrer com ela. Já Julia, que de boba não tem nada, aprendeu com a mãe entendida a ser sensual sem ficar vulgar e desfila sempre de pernocas de fora e com roupas coladas sem um pingo de afetação ou piriguetismo. Aliás, a mocinha é o rosto da Lâncome e ainda vai dar o que falar! Aposta segura! Vale a pena também ficar de olho em Vladimir Roitfeld, além de ser bonitão e fazer alguns trabalhos como modelo, o cara é produtor e curador de arte, tem olhar apurado como o da mãe e é afilhado de Mario Testino. DNA bom esse, hein?

… a usar transparência sem ficar vulgar!


No jogo de revelar e esconder, Carine vence com elegância

Uma das tendencinhas do momento e arma de sedução atemporal, a transparência deve ser usada com extremo cuidado. Mademoiselle Carine dá aula de como usar. Não só por adotar o look preto total mas também por usar o artifício de uma forma nada óbvia! Afinal, nem só de blusa transparente com sutiã e umbigo de fora sobrevivem os tecidos finos, não é verdade?

… que animal print pode ser básica!


Nada perua!

Não sei se é o porte elegante natural das mulheres francesas (prefiro acreditar que não), mas ver Carine assim em peças tão marcantes em estampas animais faz parecer simples de usar. O vestido Martin Margiela é marcante e ousado. Só mulheres como Carine seguram o modelito (o olha a sandália aí de novo!).  Já o casaco dá vontade de ir pro frio agora e arriscar usá-lo por cima de uma roupa toda preta. Item indispensável do verão, vale a pena fazer tentativas em pequenas doses para descobrir se você se adapta ao estilo.

… que é possível ser poderosa sem perder a feminilidade!


Pernocas sempre de fora!

Assumir um dos mais altos cargos do mundo da moda não é motivo para se cobrir da cabeça aos pés para cosneguir respeito. Sempre de cintura marcada e usando saias, Carine investe forte na feminilidade. Confiante no poder dos saltos vertiginosos, ela já admitiu que só usa rasteiras quando vai à praia. Os cabelos são sempre soltos e, segundo dizem, a simpatia fecha com chave de ouro as produções.

… que preto é o novo preto!


O Poder do Preto

Desde Coco Chanel, a roupa preta deixou de ser sinônimo de luto e se tornou símbolo da elegância máxima. Carine nos ensina que roupas pretas não precisam ser entediantes. Detalhes fazem a diferença e sair de preto por aí não precisa necessariamente estar básica ou óbvia.

… que não devemos deixar de usar peças que gostamos por estarem “fora de moda”!


Carine deu nova vida ao modelito

Responsável pelo revival da saia jeans, que recentemente apareceu em vários desfiles internacionais, Carine mostrou que a peça não é careta. Portanto, com itens atualizadores, é possível aproveitar quase tudo que consideramos datado que se encontra encostado no guarda-roupa.

O Fim de uma Era

Claro que essas poucas dicas não resumem a imagem bem construída da editrix. À lista poderíamos ainda acrescentar a saia lápis, casacos de pele e botas, apenas para começar. Afinal, Carine vende desejo por meio de páginas repletas de fortes imagens de moda. Ela, que nunca veste uma mesma marca da cabeça aos pés e sai para cafés com os amigos durante o expediente para estimular a criatividade, afirma enfaticamente que não possui ícones fashion. E nem precisa. Carine é um dos ícones fashion mais marcantes dos nossos tempos.

Au Revoir, Carine!

Por enquanto, a dama da moda francesa se despede. Depois de causar burburinho com a última edição da Vogue Paris no qual publicou editorial com as peças da nova linha de roupas femininas de Tom Ford que foram desfiladas secretamente por modelos como Beyoncé, ela parte fazendo barulho, como ela mesma gosta. As especulações de quem a substituirá no comando da Vogue Paris correm soltas. O futuro de Carine também é uma icógnita. Fala-se inclusive que ela se uniria ao amigo de longa data Tom Ford em sua nova empreitada com marca própria. Que Carine é brilhante e ainda deve fazer muito sucesso, ninguém duvida. Mas, enquanto ela não prepara seu retorno… Céus, como sentiremos sua falta!

Fotos: Reprodução