Testamos: Minipinça Tweezerman e lixa de unhas Revlon

1
465

Foi difícil selecionar o que trazer comigo pro Canadá em termos de beleza. Acabei trazendo uma bolsa considerável dentro da mala, cheia de produtinhos brasileiros, mas certa de que compraria muuuita coisa aqui em Montreal.

Um mês e 20 dias se passaram, e eu ainda não fiz grandes compras de mulherzinha. Primeiro fui montar casa, me preparar pro inverno, e aí as bobagens que a gente tanto ama vão ficando pra depois.

Sabia que precisaria com urgência de uma boa pinça pra poder manter a sobrancelha. Queria experimentar a tal da Tweezerman, que todo mundo fala tanto e que custa R$ 80 no Brasil, mas “baratinho” no exterior.

Para as unhas, trouxe alguns poucos esmaltes, lencinhos removedores, mas esqueci lixa e alicate. Na farmácia, vi umas opções da Revlon e não resisti a uma lixa de estampa de óculos escuros!

Aqui tem duas farmácias bem grandes, a Jean Coutu e a Pharmaprix, sempre com vários corners de marcas de beleza, de Benefit, Clinique e Dior a marcas mais populares como a Maybelline. Foi assim que descobri que as tais pinças Tweezerman são baratas quando comparadas com o preço cobrado no Brasil, mas, em termos absolutos, são caras!

Paguei CAD$ 15 (dólares canadenses valem quase a mesma coisa que os americanos) em um modelo MÍNI, porque minha sanidade não me permitiu pagar o dobro em uma de tamanho normal. Sei que quem converte não se diverte, mas o meu dinheiro é todo em reais, e, pelo menos pra algumas coisas, ainda preciso, sim, converter e pisar no freio.

As opções de lixa eram muitas, e as mais baratinhas eram as da Revlon. Aliás, de lixa de unha a secador de cabelo, tudo da Revlon é sempre bonitinho e com preço bom. Paguei uns CAD$ 4 na lixa, que é grande e grossinha, com um recheiozinho de E.V.A. Tinha também aqueles kits com várias lixas comuns, mas preferi a coloridinha.

VALEU A PENA?

Com quase dois meses de uso, a lixa Revlon já tá morrendo. Mas não posso exigir muito. Controlo o tamanho das unhas só com ela, e minhas unhas são duras. Gostei da pegada, da versatilidade (lixa pesada, mas ótima também para acabamentos), mas não comprarei de novo. Vou testar modelos mais simples e baratos, porque, enfim, né? Eu só preciso que lixe.

A minipinça Tweezerman me surpreendeu no primeiro uso. Ela é afiadinha, pega bem o pelo (estranho sem acento, né?) e vem com esse potinho pra você guardar. Mas, sinceramente, não é a perfeição como muita gente fala por aí. Talvez a grande, seja, mas a míni, pelo menos, não. Ela é levinha, molinha, mas, se você não tiver cuidado, o pelo quebra.

Antes de comprar uma Tweezerman tamanho normal, prefiro investir CAD$ 30 em roupa, sapato ou vários itens de maquiagem e beleza. Pra mim vale mais a pena.

 

Curtiram este tipo de post? Quero continuar mostrando comprinhas daqui e contando o que achei. Se tiverem algum produto que tenham ouvi falar e querem resenha, contem pra mim! Na medida do possível eu vou comprando!