Esmalte: Les Jeans de Chanel, Maybelline Denims e a influência da propaganda

2
170

Desde que inventou de fazer esmalte, a Chanel desperta desejos – e inspira cópias. Eu, que sempre me acho muito cheia de personalidade e incólume a tendências, modismos e grifes de luxo, me peguei sendo boba na semana passada.

Em casa, vi esse anúncio da coleção de esmaltes Les Jeans de Chanel. Quando cheguei ao supermercado, comprei, sem perceber, um esmalte azul jeans. Só depois a ficha caiu: sou igual a todas as mulheres!

Diante da gôndola do Walmart, sempre aparece uma justificativa: “trouxe poucos esmaltes, e eles são todos vermelhos, rosas, laranjas, branquinhos e beges, cores normais. Saudade de usar um azul”.

Entre os mais baratinhos (esmalte é caro aqui, minha gente! Ah, os Risqués e Coloramas de R$ 2…) estavam os da Maybelline, da linha Color Show, que eu não conhecia. Dos dois tons de azul que havia, peguei logo o Denims, ou seja, JEANS. Mas fiquei feliz porque gostei muito do resultado!

A cor é intensa e cobre perfeitamente na primeira camada. O esmalte é espesso, então não passei outra. Ele tem uns brilhinhos prateados, o que eu achei muito lindo, mas estranhei por ele ser matte. Fazia tempo que não usava esmalte matte.

Usei uns dois dias assim e depois passei o extrabrilho (da Risqué, que tá quase acabando – nãããoooo) pra mudar a cara e conservar mais a cor. Esse foi um esmalte que me fez feliz e só não durou mais porque minhas unhas tão frágeis aqui e acabaram descamando. =(

Pretendo comprar outros Color Show depois!


2 comentários

Deixe um comentário