Intercâmbio: que tal fazer uma faculdade no exterior?

0
428

Na minha época de colégio e até de faculdade não era tão comum fazer intercâmbio para estudar seis meses ou um ano fora. Hoje parece que está tudo mais fácil. Mas, vamos combinar: não é qualquer um que tem grana para passar alguns meses morando e estudando fora, né?

ciência sem fronteiras

Se você já está na faculdade e deseja cursar algumas cadeiras ou até realizar uma graduação completa no exterior, temos uma notícia ótima: o programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal.

Segundo diz o próprio site:

“Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC. O projeto prevê a utilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação.”

Em resumo, o Governo fornece recursos financeiros para você aprofundar seus conhecimentos em uma universidade no exterior (são 18 países). Além de graduação, o programa também oferta bolsas nas modalidades Tecnólogo, Desenvolvimento Tecnológico, Doutorado Sanduiche, Doutorado Pleno e Pós-Doutorado.

intercâmbio

Algumas inscrições já estão abertas, então vale dar uma “fuçada” caprichada no site: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br