Viagem: O guia do inverno

12
862

Enquanto todo mundo derrete no hemisfério sul, a gente congela no hemisfério norte. O inverno é uma estação linda, mas é preciso estar preparado pra enfrentá-lo. As universidades daqui até promovem workshops pros alunos intercambistas sobre como sobreviver ao inverno, dando dicas até de alimentação!

Como tem muita gente viajando nesta época do ano pra Europa e Estados Unidos, principalmente, montei um guia com o que usar nas diversas temperaturas que o frio pode ter. A estação da neve começou oficialmente no dia 21 de dezembro, mas a gente tá sentindo frio desde outubro, quando ainda era outono. E vamos sentir frio até março ainda! Brrr!

Outono e começo da primavera

Essas são estações de transição. O outono prepara para o frio, e a primavera prepara para o calor. Ambas são gostosas e um ótimo momento pra turistar, porque as temperaturas permitem passeios ao ar livre, sem a necessidade de roupas específicas, e acontecem em periodos de baixa estação, ou seja, têm passagens aéreas e hospedagens mais baratas.

As temperaturas ficam entre 15 e 7 graus, em média. Pra mim, é o período da jaqueta de couro: uma camiseta por baixo e um cachecol resolvem. Se você não tiver uma, não tem problema. Esse é o período perfeito pra usar os casacos que a gente encontra no Brasil mesmo, à venda em lojas mais baratinhas como Riachuelo, C&A e Renner.

Não compre casaco de couro nessas lojas! É muuito caro! Compre um baratinho e, quando chegar ao destino, pague a metade do preço ou menos. O meu é da Primark, de Londres, e foi 20 libras, e o do Igor é da Forever 21, e foi 40 dólares. Agora no fim do ano ele pegou uma promoção incrível e pagou 11 dólares em outro da mesma loja, já pensando na primavera!

Crie camadas ao se vestir!

Se você sente muito frio, é só ir acrescentando camadas: segunda pele + camiseta + cardigã + casaco. Repare que são camadas diferentes, não 10 camisetas uma por cima da outra. Assim você só acrescenta volume, que é tudo o que a gente não quer nas fotos da viagem!

Nos pés, tênis, sapatilhas, botinhas de cano curto. Não tem segredo. Luvas são opcionais.

Inverninho e invernão

Neve, paisagens branquinhas, temperaturas negativas. Até vir pra cá, nunca tinha visto nem sentido nada disso. Sonhava com a primeira neve do ano, e, quando ela chegou, não me decepcionei. Amo o clima, me divirto caminhando, escorregando e até tirando a neve que se acumula na varanda de casa.

Quando saio de uma casa aquecida, encaro a rua a 0 grau (ou menos) e não sinto o impacto do frio, sei que estou agasalhada o suficiente. Aqui tenho casaco de inverno feito no Canadá, o que me garante um bom isolamento por si só. Mas, nos dias mais frios, tipo quando faz -10, -20, é preciso criar as camadas de roupas.

Não dá pra deixar em casa as luvas, o cachecol de lã acrílica nem o gorro!

Casacos de inverno que mais rolam por aqui: os lindos, mas bem pesados e grossos; os matelassados, mais leves e impermeáveis, e o preto lá de cima, meu estilo favorito, mais discreto e também impermeável

Muita gente usa o casaco na altura da cintura e coloca só um jeans. Fomos aconselhados a comprar casacos mais longos, que não deixassem nunca parte das costas descobertas, por causa dos rins e dos outros órgãos vitais. Quem sente muito frio nas pernas, como eu, deve preferir também os casacos mais longos.

Para as pernas, essas são minhas dicas: meia acrílica, legging também com acrílico na composição, calça skinny pra entrar na bota mais alta ou calça bootcut pra poder passar por cima da bota.

As opções podem ser usadas individualmente ou em camadas! Quando tá friozão, uso legging com calça. Também há modelos de calça jeans revestidas com flanela e há a famosa ceroula, que é uma roupa de baixo que protege “as partes” e as pernas.

Não use meia de microfibra!

A meia-calça comum, aquela fina, transparente, não rola pro inverno. Ela é feita com fio 15, às vezes 20. As meias de fio 60 e 80 são as mais indicadas, por serem mais grossas. Mas a lição maior é a do material da meia ou do legging: tem de ser de acrílico!

A microfibra é muito fininha, enquanto que o acrílico imita a lã, mas com uma trama fechadinha que isola bem a perna do frio. Com legging de acrílico, uso saia e short na boa e fico até mais quentinha do que com calça jeans, porque o jeans tende a ficar frio.

Bota de inverno é um troço feio. Tô pra ver uma que seja bonita de verdade. As meninas mais fashionistas que vejo por aqui compram botas comuns e se garantem nas meias grossas, de lã pra isolar os pés. As botas Ugg ainda são febre (modelo vermelho). Elas são bizarras, mas são quentinhas e tão na moda. Elas não são impermeáveis e ficam tipo molhadas na neve.

A minha bota tem lã de ovelha fake por dentro, além de ser de couro. Ela é quentinha, mas o principal é que tem solado de borracha e isola a temperatura do chão dos meus pés.

A botinha de cano curto me serviu bem no outono, mas ficou impossível de usá-la quando começou a chover e a esfriar. Sentia os pés congelando! A bota marrom tem solado de borracha e eu nem sinto que tem gelo chão quando a uso. E não tem essa de só usar bota no dia que nevar e usar tênis no dia em que não nevar. O chão vai estar gelado, e você vai sentir todo o gelo na sola do seu pé!
 Por fim, a cabeça: um casaco com capuz pra mim é fundamental. Ele ajuda a barrar o vento frio e a proteger o rosto. Se o seu casaco não tem capuz, você pode comprar um cardigã com capuz e colocar por dentro do casaco. Fica um charme o capuz de outra cor/tecido sobre o casaco de inverno.

Eu morro de frio no rosto! Sempre levo na bolsa também um gorro com orelhas, no melhor estilo Chaves. Ou você se fantasia de Chaves ou coloca um protetor de orelhas estilo headphone, porque elas ficam geladas mesmo! Na bolsa também sempre vai um par mais grosso de luvas, pra trocar se for necessário.

Outras dicas:

 Em lugares onde a temperatura pode oscilar, tenha sempre um cardigã extra na bolsa, mesmo que seja fininho. Ele vai somar e ajudar a segurar o frio!

 Não precisa correr pra comprar todo o aparato de inverno antes da viagem. Se garanta nas camadas, tenha um casaco com bolsos e, assim que sair do hotel pro primeiro passeio, passe num Walmart. Eles têm luvas por 80 centavos, gorros por 2 dólares e um monte de roupa baratinha que quebra um galho incrível!

Ah! Qualquer dúvida, é só deixar aqui nos comentários!

12 comentários

  1. Amei as dicas, Alinne!! Super uteis. Estou programando uma viagem para esse ano e estou em dúvida sobre o período. Amo frio, sou bem resistente a ele, apesar de nunca ter pego temperaturas tão baixas no Brasil, mas sou “amiga”do frio. rsrs Que período vc sugere para Europa (Irlanda, Inglaterra e França) ou Canadá?

    • Eu sempre prefiro os períodos de baixa estação (por motivos de liseira): entre o meio de fevereiro e o meio de junho, e do meio de agosto pro meio de novembro. Visitei a Europa em março e peguei a primavera, com friozinho casaco de couro e visual colorido, florido e ensolarado. Fui a Buenos Aires em novembro (era primavera também) e ainda peguei um climinha de jaqueta jeans, mas no último dia, que lembro ter sido mais ou menos dia 18 ou 20, já tava ficando bem quente. O outono é ótimo porque é lindo, é mais frio que a primavera, mas não tão frio quanto o inverno. Aí é março-maio no sul e setembro-novembro no norte. Pra pegar inverno mesmo, as épocas são junho e julho no hemisfério sul e dezembro e janeiro no hemisfério norte. E vem pro Canadá! Você vai amar! =)

  2. Adorei seu post Aline, muito útil!!
    Estou indo para o Canadá no inicio de agosto e estou muito preocupada com o que levar! Nesta época será possível compras alguns acessórios a preços legais?ou seja, baratinhos?? porque em resumo quase nada que levar do Brasil será realente apropriado!!
    🙂

    • Sim, Lydia! Na verdade, tem promoção o ano inteiro, e tudo vai depender do tipo de casaco que você procura. Se quiser investir em um megacasaco, que vai durar muito e ele sozinho vai bastar, pode pensar em torno de 500 dólares. Esses não entram muito em promoção, hehe. Se quiser algo baratinho e que funcione com um suéter por baixo, dá pra conseguir pagar em torno de 100 dólares. Mas minha mãe veio aqui em no final de janeiro, que é a época mais fria, e encontrou um modelo bonitinho no Walmart por 50 dólares. O negócio é pesquisar e encontrar algo que atenda as suas necessidades dentro do se orçamento =)

  3. Alinne,

    Foi o post mais detalhado, com conteúdo realmente útil e fashion que eu encontrei sobre como se vestir no friozinho e no friozão… Parabéns! 🙂

    Já que vc deu a dica de preço de casacos. E as botas? Vou chegar agora em setembro (Vancouver) vou ficar até março e sinceramente estou pensando em só levar meu tênis de corrida porque não quero ficar com a bota que não consigo usar depois fazendo volume.

    Preciso comprar aí uma quentinha impermeável na canela pro dia a dia na escola e tals e tô pensando numa de cano alto também pra sair a noite, etc…

    Vc teria sugestão de marcas e preços? e lojas? ( O preço do dólar na matando…) 🙁

    Bjãooo e muito obrigada!

    • Oi, Mit! Em Vancouver o inverno é bem mais tranquilo que em Montreal. Tenho um amigo lá, e as notícias de neve eram bem raras. Já as de chuva… ehehe
      Mesmo com o dólar alto, acho melhor você deixar pra comprar as botas quando chegar. Acho legal a ideia de uma bota dia e uma bota noite, só não recomendo muito comprar uma baixinha, na canela, porque ninguém sabe quanto de neve vai vir (ou de chuva ou de lama), e aí é melhor estar com uma mais longa. Já enfiei o pé num buraco na neve e foi tranquilo porque tava de bota comprida.

      Sobre os preços, vou te falar: sempre dá pra encontrar algo bom e barato. Passei o inverno inteiro – e, em Montreal, ele durou 5 meses – com uma bota só, de couro por fora e pele de carneiro por dentro. Tudo sintético, mas funcional. Meus pés não congelaram a -40, então recomendo. Paguei uns $56 numa loja chamada Yellow. Já vi aqui que não tem em British Columbia, mas é uma loja pequena e só de botas. Meu marido pagou o mesmo preço em uma bota toda tecnológica, que dizia aguentar até -30 na etiqueta. Na etiqueta da minha só tinha escrito Belle et Rebelle, hehehe.

      Mas essa bota que ele comprou era muito feia, e ele acabou trocando por uma baratinha na Forever 21 e ficou usando ela praticamente o inverno inteiro. Com duas meias ou uma meia mais grossinha (vende na Dollarama!) dá pra aguentar. Meu amigo de Vancouver, acho, passou o inverno todo com uma galocha. Eu não recomendo, porque o plástico é frio, mas pode ser teu calçado pros dias mais tranquilos. Falei demais, né? Boa sorte na sua viagem! =)

  4. Olá! Estou indo para Toronto-Canadá no mês de Outubro que é Outono. Tenho dúvidas de qual calçado devo usar.Você pode me dar umas dicas?

    • Oi, Adrielle! No outono não é muito frio, então dá pra usar tênis, bonitinha de cano baixo e até de cano mais alto, pra um look mais arrumado. As canadenses usam sapatilha na boa, mas eu acho frio. Não tem muito com o que se preocupar no outono. Estando de meias, você está bem. =)

Deixe um comentário