Beleza: marcas de cosméticos e a nova forma de comunicar

0
654

Que a publicidade precisa mudar a visão sobre o sexo feminino não é uma novidade para ninguém. Já não agüentamos mais campanhas machistas, que rotulam, denigrem e objetificam as mulheres.

Por isso, é muito legal perceber que as mudanças, mesmo que lentamente, estão acontecendo. Vamos pegar como exemplo duas marcas de cosméticos que estão arrasando na forma de se comunicar, trazendo uma nova atitude para as campanhas.

10356701_10153317079686195_8731567640654211547_n

Começando pela Avon, que já tinha sido criticada por uma campanha de rímel que era bem machista. Não sei bem o que aconteceu com essa empresa, pode ter sido uma mudança na direção, onde as mulheres começaram a ocupar cargos mais altos e decisivos ou se foi uma consultoria bem feita, pois agora ela está realmente falando com as mulheres de verdade.

A marca deu adeus as supermodelos e atrizes hollywoodianas e passou a utilizar mulheres reais em suas campanhas, falar sobre independência, carreira, empreendedorismo, feminismo e começou a empregar o slogan “ beleza que faz sentido”.

11873351_10153391520766195_8414599183994997720_n

Entre as ações planejadas para este novo momento da Avon estava uma espécie de TED com mulheres quebraram padrões, criaram movimentos, pregam o empoderamento feminino e que mostram que nós podemos tanto quanto os homens. Olha só dois vídeos bem legais:

Uma mudança e tanto, não acham? Espero de verdade que eles continuem por esse caminho. Porque tá lindo demais e cheio de significado.

Claro que com essa história da Avon o grupo Boticário não podia ficar atrás. Apesar de já ter dado um show com a propaganda “polêmica” que mostra casais de todos os tipos, ele agora resolveu inovar com a Quem Disse Berenice?.

A marca mais jovem e colorida do grupo traz a quebra de padrões e a liberdade como principais motes da nova campanha. Com um VT superdivertido, ela mostra como as mulheres não precisam seguir padrões ditados pela sociedade na maquiagem e na vida. Olha só:

Outro detalhe legal são os diferentes tipos de belezas e mulheres que a marca traz para protagonizar esse filme.

Já deu para perceber que marcas e empresas que não enxergam esse novo momento social e esta nova atitude feminina estão deixando seus concorrentes saírem na frente. E isso não vale só para as empresas que vendem produtos destinados as mulheres, mas também para todo o mercado. Não dá mais para ficar apegado aquele velho modelo de comunicar, com piadinhas sexistas e afins.

Tá na hora de inovar, mudar e abrir os olhos para o que as mulheres são e querem hoje em dia.