Modolo: como sobreviver na cozinha!

1
510

034b886927a994cda6be1159ce196fe4Essa semana vou tirar algumas dúvidas que chegaram sobre desafios que todo mundo tem no dia a dia da cozinha. Muitas pessoas não têm a menor afinidade com esse ambiente, isso é fato! Afinal, não é muito hospitaleiro. Quentura, vapores, louças sujas, meleira, bagunça, controle do tempo…

Aff… Queimou!

Lágrimas, de frustração ou pelas cebolas!

E o cheirinho nas mãos que, muitas vezes, te fazem lembrar no restante do dia de que você esteve lá entre as panelas.

A famosa frase “ame ou deixe” se aplica à cozinha também. Contudo, deixá-la requer investimentos em alguém que a assuma por ti ou em uma sociedade eterna com um aplicativo qualquer de delivery ou com o seu Manoel do self service da esquina. Afinal, ninguém vive de luz!

menus
Menus

Então, se você é dessas que apesar de tudo se arrisca, aí vão algumas dicas para sobreviver a essa aventura quixotesca entre as facas sem maiores traumas.

Falando em faca, ela é o segredo para evitar aquele chororó acebolado. Uma faca cega ou facas de serra (todo nundo usa em escala doméstica) macera as fibras da cebola liberando mais gases, fazendo você achar que vai perder os olhos.

faca-para-churrasco-leme-tramontina-2-1
Errado

Então, nada de palitos de fósforos na boca ou outras mandingas, uma faca bem amolada é fundamental.

E79D3F9D-635F-422F-B485-87D568C37A59
Correto

Além disso, é importante usar o fio da faca no corte, ou seja, movimentos longos de vai e vem ofendem menos fibras liberando menos gases. Contudo, há cebolas com uma alta concentração de ácido do choro por conta do ponto de maturação ou tipo de solo em que se desenvolveu. Nesse caso, você ainda vai chorar, mas com essas dicas…

Quem pode mais chora menos!

Já dizia o velho “deitado”.

Tá certo, cortei a cebola, sobrevivi, o que eu faço com esse maldito cheiro que ficou na minha mão?

maxresdefault

Se você está preparando aquele jantar pra fisgar o crush pelo estômago e sua mão ficou com o mesmo cheiro da feirinha de pescados ou com aquele perfume de alho de espantar Drácula, não se desespere. O mercado já oferece algumas opções para neutralizar odores de cozinha.

Uma delas é o Savon du Chef da Mahogany (R$68) que eu uso e amo. O mais eficaz que eu já testei e dura uma eternidade se usar só para lavar as mãos quando tiver com odores de cozinha, pois um pump é suficiente.

1439-sabonete-savon-du-chef-de-cuisine-verbena-350-ml

Tem também aqueles sabonetes de inox que variam de R$20 (banquinha no centro) a R$60 (loja conceituada de shopping). Eu já tive um, mas… odores tipo bacalhau persistem.

Sabonete-Anti-Odor-com-Suporte-88-cm-SAB05

Mas, se você não tem nem um nem outro, vale recorrer a uma receitinha da vovó bem eficaz:

Faça uma misturinha com 1 colher de sopa de açúcar, 1 colher de sopa de mel, 1/2 colher de canela em pó e meio limão espremido.

Esfregue nas mãos e deixe por alguns minutinhos. Enxágue bem, pois os resíduos de limão podem manchar a pele se você se expuser ao sol.

Ok! Terminou de fazer o jantar divando sem borrar o rímel com o choro da cebola, o crush está pra chegar, você já está cheirando a flor, mas parece que a sua cozinha sofreu uma atentado à bomba!

O que eu faço, meu Pai?!

Dirty_dishes-1024x768

Nesse caso, só te resta receber o espírito da gata borralheira e rezar para fada madrinha ter o dom da faxina.

Mas um pouco de planejamento antes pode evitar essa situação caótica e dramática.

Separe sempre apenas os utensílios necessários para a receita. Muitos livros e alguns sites relacionam os utensílios necessários para execução.

Se a cozinha realmente não é sua zona de conforto e precisa organizar todos os ingredientes, medidos e pesados, para só ir colocando na ordem que a receita mandar -porque senão você se perde e nem GPS te acha, igual aquela apresentadora do papagaio –  você tem que separa tudo que vai usar. Mas sem usar aqueles milhões de potinhos porque, certamente, lá no programa de TV é a Maria que lava tudo depois e, na sua casa, é mais você! Nesse caso, use uma petisqueira para separar os ingredientes ou então otimizar algumas etapas já colocando os ingredientes diretamente no utensílio que você vai usar.

Petisqueira-com-Divisoria-Hercules-UMP05-21-em-Porcelana-21-cm-5130351

Por exemplo, se a receita pede para juntar manteiga, ovos e açúcar para bater, meça todos já na tigela da batedeira. Com exceção dos ovos, que vale a pena quebrar um a um numa xícara e transferir pra batedeira. Isto porque, se algum estiver estragado, você tem como identificar e descartar sem perder todos os outros ingredientes já pesados e medidos.

Otimizar os utensílios e se planejar é a melhor saída para evitar que um tsunami tenha passado pela sua cozinha. Usar a regra do Usou, Sujou, Lavou, Secou e Guardou (USLSG) ajuda muito. Se você está fazendo uma massa com molho, por exemplo:

Ferva a água e cozinhe a massa. Durante esse tempo, separe, meça, corte, tempere todos os ingredientes do molho (lembrando de otimizar os utensílios e já ir lavando tudo que você está usando). Escorra a massa e, na mesma panela que você a cozinhou, execute o molho. Ao final, junte a massa que estava no escorredor ao molho e, finalmente, você terá apenas uma panela suja em uso e um escorredor pra lavar basicamente.

escorredor-de-macarrao1

Espero que essas dicas os ajudem a conviver melhor com a cozinha. E, sempre que tiverem dúvidas, podem mandar pelo nosso Instagram, Facebook ou deixar comentários aqui na coluna.

Beijos e até o nosso próximo encontro com a gastronomia temperada com algumas especiarias.