Fantasias fáceis: Carnaval usando criatividade, pesquisa e mão na massa

2
1794

Comprar acessórios para carnavalizar é ótimo, mas quando a gente faz tem um gostinho de orgulho pelo trabalho, é a coisa do emocional, né não? Praticamente todo ano eu uso um ou mais acessórios que eu mesma fiz, usando materiais fáceis de encontrar e outras coisinhas que tinha em casa. É gostoso saber todo o processo que aquilo passou e mais ainda, se foi você quem fez as etapas dele.

Tem quem diga que isso é pra quem tem o dom ou quem já sabe fazer, mas, convenhamos, em tempos de YouTube – inclusive, já se inscreveu no nosso canal? – todo mundo consegue fazer de tudo! Além disso, se você tiver irmã, primo, tia, mãe, pai, avó, tio-avô, amiga ou amigo (realmente qualquer pessoa que você tenha um mínimo de intimidade), que seja mais expert nas artes manuais, super vale pedir a ajuda e ainda rola dar a ideia de fantasia de grupo, se forem pra folia juntos.

Mostro aqui produções caseiras que usei no carnaval, pra servirem como dicas e inspirações. 😉

Frida em 3, 2, 1

Perdoa a foto tremida, mas era carnaval!
Perdoa a foto tremida, mas era carnaval!

O primeiro foi o mais fácil de todos, fiz ainda no pré-carnaval e usei uma fantasia que rola sempre, mas que nunca fica cansada. Tive a ideia quando fui a uma loja de flores artificiais e vi umas pequenas com cabos de arame maleável. Peguei uma tiara que já tinha em casa, enrolei os cabinhos nela de modo alternado e pronto. Como usei para ir ao Luxo da Aldeia, fui com a blusa do bloco, tranças presas pra cima e fiz a monocelha de glitter, pra dar um ar maaais carnavalesco.

Pra ver melhor os detalhes
Pra ver melhor os detalhes

Borboletas na cabeça

penteadeiraamarela_carnaval_borboletas

Outro acessório muito facinho foram essas borboletinhas que usei no cabelo quando me fantasiei de borboleta. Fantasia que vi no Pinterest e decidi fazer uma adaptação para algo mais colorido, inclusive fizemos tudo de retalhos que minha tia já tinha em casa – foi minha outra tia que fez, mas acompanhamos todo o processo, desde o molde feito pela minha mãe e eu.

Voltando às borboletas, comprei elas nas Casas Freitas, elas eram pra colocar em jarro, acho, e tinham um arame grande na base. Tirei o arame e as colei com cola quente nesses “bicos de pato” coloridos e pronto! Achei muito fofinhas, no dia acabei esquecendo de colocar no cabelo num primeiro momento, mas depois lembrei e coloquei.

Pegue seu presente aqui

Essa você já viu no nosso Instagram, né
Essa você já viu no nosso Instagram, né? @penteadeiraamarela, segue lá!

Antes do carnaval, eu e meus amigos nos reunimos para combinar fantasias, e essa surgiu porque uma amiga viu um tecido e queria muito fazer uma fantasia de árvore de Natal com ele. Acabou que o resto da galera entrou na onda e decidimos fazer uma fantasia em grupo de “Natal fora de época”, onde ela era a árvore, outra amiga a Mamãe Noel e eu e outro amigo os presentes.

Basicamente peguei duas caixas de papelão grandes e com a ajuda da minha mãe cobri com papel de presente e prendi fitas para ficarem como um suspensório. Peguei um laço da árvore de Natal da minha avó e prendi em uma tiara, para ser o laço do presente; adaptei com a ajuda da minha irmã – que agora faz realmente brincos iguais a esse para vender, vejam o instagram dela – uns brincos que eu já tinha para virarem esses brincos de lantejoulas, e a ideia inicial era usar essa fantasia com uma blusa dourada, mas tinha um sutiã com praticamente a mesma estampa do papel e acabei usando só com ele.

Agora o Natal reunido
Agora o Natal reunido

Ainda fiz essa estrela que minha amiga está usando na cabeça, cortando o papelão, pintando de dourado e prendendo em uma tiara; costurei os pompons vermelhos na roupa dela; e fiz essas plaquinhas para deixar bem na cara o que significava nossa fantasia hehe. Na foto ficou ótimo, mas infelizmente choveu nesse dia e nossas caixas foram, literalmente, por água abaixo.

Don’t touch my fake DIY

Solange I love you
Solange I love you

Tá bom, essa eu admito que trapaceei, não fiz nada a mão, mas convenhamos que a ideia foi boa. Tinha passado um bom tempo ouvindo o novo CD da Solange Knowles – inclusive indico –, e a capa do disco é uma foto dela com vários bicos de pato no cabelo. Eu amei o disco e a capa, então decidi me fantasiar dela.

Como o cabelo era o mais importante, comprei esses “bicos de pato” e fiz o mesmo penteado, a roupa foi só uma ciganinha – pra ficar com os ombros de fora, como na foto – e um shortinho da mesma cor, porque ela usa muitos looks monocromáticos nos clipes. Nem todo mundo entendeu a fantasia ao vivo, mas a foto que postei no Instagram fez muito sucesso, e o mais importante: além de eu ter amado, também uso até hoje o short e a blusa!

Medusa inofensiva

Nem cara de mau eu consegui fazer, de tão feliz que tava com essa fantasia
Nem cara de mau eu consegui fazer, de tão feliz que tava com essa fantasia

Essa foi a mais trabalhosa, mas também uma das minhas preferidas. Achei também no Pinterest a ideia – sério, melhor lugar – e alguns DIYs, pesquisei mais sobre a lenda da Medusa e decidi fazer a fantasia.

Tem o passo a passo aqui em inglês – mas as imagens são suficientes pra entender o processo -, se você tiver interesse e, pra completar, fiz também esses braceletes de cobrinhas com rolo de papel higiênico vazio e usei esse vestidinho fake greco-romano e os brincos de lantejoula de novo!

Plus: MiniJúlia inventiva

Como diz minha mãe: "Essas meninas tudo inventam"
Como diz minha mãe: “Essas meninas tudo inventam”

Só pra vocês terem uma ideia de como eu sempre gostei de inventar fantasia, segue imagem de quando eu era criança e me fantasiei de “Varal-de-roupa-de-boneca”. Contei essa história no meu Facebook, pra quem tiver interesse!

Essas foram minhas ideias do ano passado. E você, o que está pensando em fazer?

2 comentários

Deixe um comentário