Quem são as mulheres que inspiram você?

0
771

Em 2015 a organização Women For Women International, que cuida de mulheres em situação de guerra e conflitos, lançou a campanha #SheInspiresMe em comemoração do Dia Internacional da Mulher daquele ano. A ação motivava homens e mulheres a compartilharem histórias de mulheres que haviam mudado sua vida de alguma forma. As histórias foram muitas e as inspirações vinham de todos os tipos, desde a primeira taxista do Afeganistão a muitas mães dos internautas.

Sara Bayli primeira taxista mulher do Afeganistão
Sara Bahayi primeira taxista mulher do Afeganistão

Lembremos: é extremamente válido e importante reconhecer as grandes mulheres que mudaram a história, seja da arte, da arquitetura, da música, das descobertas científicas e a do mundo. Essas, além de inspiradoras, deveriam também ter o espaço que merecem nos livros, conversas entre amigos e família, filmes, peças teatrais, nomes de ruas, avenidas, praças, monumentos. Basicamente deviam estar onde os homens da História estão, pra ficar mais resumido.

Buscar inspiração nelas deveria ser fácil e na maioria dos casos é. Porém nem todas têm suas histórias divulgadas, além de estarem distantes do nosso tempo e da nossa realidade. Por isso, é bom fazer também das contemporâneas nossas inspirações. Podem ser grandes cientistas, artistas, musicistas, jornalistas, chefs de cozinha, escritoras, fotógrafas, modelos, blogueiras, youtubers, atrizes, mas melhor ainda se começar dentro de casa.

Aí sim é uma tarefa difícil, porque a convivência nos faz perder um pouco a noção da grandeza de nossas companheiras de vida. Porém, toda mulher tem algo de inspirador.

Procure enxergar nas mais próximas suas características inspiradoras, que estão presentes diariamente, em pequenas ou grandes coisas. Se mostram em suas caminhadas, suas ações, palavras ou apenas olhares trocados com nossas mães, irmãs, avós, filhas, tias, primas, sobrinhas, amigas, professoras, empregadas domésticas, babás, médicas, cabeleireiras, colegas de trabalho, atendentes de loja, garçonetes…

Quanta inspiração tem naquela mulher que veio sozinha do interior, ainda adolescente, trabalhar na cidade grande, na casa de estranhos*; aquela que mesmo tendo uma vida simples e pouco estudo manteve a igualdade de gênero no seu casamento; aquela que retomou os estudos depois de adulta, formou-se professora e venceu três vezes o câncer; aquela que deixou os filhos em casa, no interior, para vir diariamente à cidade grande trabalhar e levar o sustento da família; aquela que deixou de trabalhar fora de casa porque os filhos precisavam dela e ensinou todos os valores, repassados hoje para seus netos; aquela que se diz machista, porque gosta que o namorado pague uma conta no restaurante, mas todos os outros aspectos da sua vida independente de médica e mãe solo dizem que de machista ela não tem nada, só precisa – e merece – ser um pouco “mimada” depois do longo dia de plantão; aquela que é tão doce e paciente, que nos faz querer ser assim; aquela que é de outro tempo, mas procura conhecer os novos conceitos, aplica-los na vida real e aprender com seus erros; aquela que nos ensina a ter autoestima; aquela que faz o bem sem ver a quem; aquela que tem sempre um ombro amigo nos momentos de dificuldade; e tantas outras que encontramos na vida.

Women Feminist GIF by Libby VanderPloeg - Find & Share on GIPHY

Precisamos buscar inspiração em mulheres que fazem a diferença no nosso dia, e principalmente, precisamos dizer a elas o quanto nos inspiram, o quanto são importantes para nosso aprendizado e crescimento, o quão grande é compartilhar a vida com elas e crescer junto. O quanto somos grandes, mas ainda maiores quando juntas.

Porque feminismo é também sobre caminharmos juntas. A igualdade de gênero é o objetivo final, mas só conseguiremos chegar nele se estivermos todas juntas, de mãos dadas. Ninguém fica para trás.

Inspire-se por essas mulheres, elogie-as com sinceridade, faça com que se sintam do tamanho que verdadeiramente são! E conta pra gente, que mulheres te inspiram?

Os gifs maravilhosos que ilustram o post são da Libby VanderPloeg!

 

*Sem entrar aqui na problemática de certas práticas que ainda hoje acontecem. Meu foco agora é apenas nos méritos das mulheres que chegaram até aqui e são inspiração para nossas caminhadas.

Deixe um comentário