Modelos plus size: Sim, existe padrão para quem está fora do padrão

0
367

Corpo violão, seios volumosos e bonitos, rosto magro. A modelo plus size mais desejada entre as marcas de tamanho grande é justamente a que tem tamanho pequeno. Mesmo que hoje haja um mercado plus mais desenvolvido, a verdade é que a cabeça de grande parte dele não está aberta à mulher gorda comum: aquela com barriga, braços grossos, corpo maçã ou triângulo invertido e uma papadinha acompanhando as bochechas.

pop-plus-21-inverno-maqui-01

Enquanto vendem roupas até o tamanho 54, 60, muitas marcas só fotografam lookbook, campanha e editorial com modelos tamanho 44, 46, 48. Tamanho 50, só se obedecer ao padrão universal da mulher de corpo bem desenhado, vestindo roupas que desenham e valorizam as curvas.

pop-plus-21-inverno-maqui-03

Existe muita diversidade no corpo gordo. Eu, por exemplo, Tenho ombros e costas largas e pouco peito. Alguma cintura, mas com barriga. Braços que ainda não exibo sem mangas (a desconstrução e o foda-se são processos lentos e um aprendizado diário). Muitas blusas me servem no corpo, mas não nos braços. No quadril, mas não na cintura. Mas essa diversidade não está refletida na moda plus size.

pop-plus-21-inverno-maqui-04

A mulher gorda em todos os seus formatos e tamanhos ainda não está representada, somente as que estão mais próximas do padrão. E foi vendo um vídeo da Bia Gremion, no canal Bernardo Fala, que tive ainda mais noção de como é triste não se sentir uma gorda bonita também porque nem no mercado plus size, as modelos bonitas têm papada.

Enquanto a mudança não vem, a Pop Plus, essa feira plus size maravilhosa que acontece em São Paulo, acabou de lançar um editorial sensacional com gordos maiores pra mostrar que, sim, existe beleza em quem veste acima do 52!

pop-plus-21-inverno-maqui-02

“Precisamos desconstruir mais um padrão, o de que a moda plus size só é possível se as modelos apresentarem hiperfeminilidade, cintura modelada, curvas marcadas, decotão, roupa justa ou disfarçando a barriga. Existem inúmeras possibilidades na moda e a pessoa gorda tem o direito de brincar com todas elas”, disse Flávia Durante, criadora do Pop Plus e produtora-executiva do ensaio. O editorial foi fotografado por Gabriel Quintão, teve styling e produção de Daylane Cerqueira e a beleza assinada por Vanessa Barone Pina.

pop-plus-21-inverno-maqui-05

Os créditos dos looks, com marcas e preços das peças, você encontra neste link aqui.

Deixe um comentário