Tendência neon e corpo livre no verão

0
272

penteadeiraamarela_neon_kardashians

As Kardashians são responsáveis pela mudança do padrão estético atual, elas que fizeram a sociedade voltar a aceitar curvas. Essa é apenas uma das coisas que essas irmãs fizeram virar moda, elas também são responsáveis pela popularidade de muito mais, desde os procedimentos estéticos e contorno na maquiagem, até roupas muito coladas. A volta das cores neon é mais um exemplo disso, elas podem não terem sido as primeiras a usar de novo, mas certamente fizeram muita gente voltar a vestir, depois que começaram a trazer para seus looks.

penteadeiraamarela_neon_anos80

As cores neons foram moda nos anos 80 e voltaram também em alguns momentos dos anos 2000. O momento não poderia ser mais oportuno para usá-las, já que elas também são a cara do verão. Por falar em verão, algumas influenciadoras body positive, como a Alexandra Gurgel, do canal Alexandrismos, estão fazendo uma campanha para a gente ser mais livre no verão.

Quando chega o verão, passamos um calor enorme, mas algumas pessoas, que não estão dentro do padrão de corpo imposto, ficam com vergonha de mostrar seus corpos e acabam se cobrindo e passando calor. A ideia é incentivar todo mundo a não passar calor por medo do que as outras pessoas vão achar, falar, ou o que for. Eu sei que falar é fácil, o difícil é se aceitar e sair por aí mostrando o corpo fora dos padrões. Então resolvi trazer algumas inspirações, para ver se você se liberta do calor e bota o corpo e a cara no sol!

Eu e meu biquini neon em Quixaba
Eu e meu biquíni neon em Quixaba

O pré-carnaval tá bem aí e o neon não fica de fora nessa época! 

Para terminar, vou lembrar que “revolução começa no ato de se aceitar” – trecho do funk “Toda grandona”, do Rap Plus Size – e uma dica: eu também ficava meio noiada de usar biquíni sendo fora do padrão – apesar de nunca ter me impedido de usar, porque sou muito fiel à minha marquinha -, mas nunca deixei de usar, apenas fingia que não me importava com o que os outros iam pensar. De tanto fingir, hoje eu realmente não me importo, às vezes aquela história de “fake it until you make it” – “fingir até conseguir” mais ou menos isso em tradução livre – realmente dá certo!