À La Garçonne e Hering em nova parceria genderless

0
170

alg hering 2017 02

Uma moda sem gênero, sem amarras e sem rótulos. Assim é a tendência genderless, que busca quebrar paradigmas e questionar os padrões impostos pela indústria fashion.

alg hering 2017 03

Pela quarta vez consecutiva, a Hering se une à À La Garçonne para lançar uma coleção. Assinada por Alexandre Hercovitch, a coleção é, na verdade, duas: uma que foi desfilada e vendida na loja do estilista e de Fabio Souza (da  ALG), e outra, no e-commerce da Hering, com 20 modelos.

alg hering 2017 06

A inspiração está nas estampas icônicas da À La Garçonne e a tendência genderless, com modelos que podem ser usados tanto por homens quanto por mulheres. Entre as peças estão camisetas, blusões, moletons, bermudas e até uma saia com fenda. A estamparia é de cordas, caveiras e flores, que já são marca registrada de AH.

alg hering 2017 04

alg hering 2017 01

Se a ideia das marcas era desconstruir, pra mim não funcionou muito. As peças são lindas, mas ficam na zona de conforto das cores neutras e dos camisetões sem forma. Ter uma saia numa coleção sem gênero é ótimo, mas por que ela não fez parte de um look do modelo masculino?

alg hering 2017 07

Ela está linda, sim, mas na mulher, e ficou bem sexy. Queria ver um homem usando com a regata da coleção e um coturno, por exemplo. Enfim, dava pra ter ousado mais tanto nas peças quanto no styling da campanha. Quem sabe na próxima?

alg hering 2017 05

Deixe um comentário