Em 1950, vimos Audrey Hepburn com um corte pixie, aquele curtinho na nuca e dos lados, e muitas mulheres aderiram ao visual. Ao longo dos anos, a tendência se tornou algo ligado ao feminismo, em que as revistas mostravam modelos dizendo “o corte da feminista moderna”.

aldre

O corte continuou famoso entre as atrizes e demais artistas, e aí muita gente foi se inspirando. O pixie cut sempre foi relacionado, na minha cabeça, à Winona Ryder, que protagonizou o filme “Outono em Nova York” usando esse cabelinho.

WINONA-RYDER

Hoje, em pleno 2017, chegou ao email do Penteadeira uma notícia de que o pixie cut era a nova tendência para 2018 e que as pessoas mais antenadas já estavam aderindo. A moda é assim, né? Consegue trazer de volta com muito glamour coisas como o pixie.

Anne sendo maravilhosa com seu pixie cut
Anne sendo maravilhosa com seu pixie cut

Antes de saber disso, e até mesmo antes de entrar pro Penteadeira, aderi ao cabelo curtinho. Foi em fevereiro deste ano e só não continuei com ele porque é o corte da minha mãe e nós parecíamos um par de vasos dentro de casa. Talvez, um dia, eu volte.

Esse corte é uma das maravilhas capilares. Aceita qualquer tipo de acessório, cor e textura de cabelo. Fácil de arrumar, basta um reparador para dar um toque a mais na produção.

eu

No casamento da Laris eu usei apenas uma tiara de pérolas e me senti lindinha.

Essa foi a melhor foto que eu e meus amigos tiramos com a Laris, hahaha Vocês conseguem me encontrar?

A popularidade do pixie cut também aumentou com as transições capilares. A transição é um processo em que a pessoa deixa de alisar o cabelo e espera ele crescer cacheado todo de novo. Muitas meninas aderem ao big chop, que é quando se corta toda a parte alisada e ficam só os cachos. O pixie cut ajuda muito nessa hora e, sinceramente, fica muito lindo.

pixiecacheado

De fevereiro pra cá fiz muitas mudanças e decidi deixar o cabelo crescer, porque sinto falta de fazer tranças nele. Porém, por ele demorar a crescer, fiquei alguns meses indecisa sobre voltar ao pixie ou realmente deixar crescer. Acabou que meu cabelo ficou sem corte, horrível de arrumar e eu me sentia feia sempre. Resolvi fazer um corte para igualar as camadas e descobri umas variações do pixie cut. Então hoje ele está assim:

Como estou com o cabelo curto desde 2013, descobri algumas coisas sobre ele. Não é todo salão que faz cortes assim. Tenho duas pessoas de confiança, apenas, que sei que conseguem acertar meu gosto. Um deles é o Expedito, no salão Fios e Pontas. Descobri esse profissional maravilhoso quando estava desesperada pra mudar o visual e estava longe demais do salão que vou normalmente. O corte foi R$ 35 e ficou uma maravilha. Foi ele que fez meu corte de fevereiro, nas fotos acima.

Meu outro salão de confiança é pequeno, o Camarim das Divas, e fica perto da casa da minha avó. A Rafa é uma cabeleireira de mão cheia e sempre topa dar uma arrumada na minha jubinha.

E aí, que tal aderir? Já aderiu? Manda foto pra gente!

Serviço:
Salão Fios e Pontas
Endereço: Avenida Santos Dumont,3281, esquina com Vicente Leite.
Contato:(85) 3261-7145

Salão Camarim das Divas
Endereço: Rua Desembargador Hermes Paraíba, 1061
Contato:(85) 3039-5223