Sábado: Bandas independentes pela democracia em Fortaleza

0
53

Domingo é o dia mais importante dos últimos anos pra história do Brasil e da gente como cidadão vivendo em um país democrático – que tem seus problemas, mas ainda tem liberdade de opinião, de expressão e de ser quem se é.

No domingo, a gente vai às urnas pra escolher se a gente quer entregar o país a um professor e uma feminista ou a um truculento e um general. É literalmente o progressismo x o conservadorismo; a liberdade x a repressão; a busca pela igualdade entre as pessoas x a discriminação e a violência contra as minorias; o meio ambiente x o agronegócio; e, como muitos especialistas ao redor do mundo estão apontando, a democracia x a ditadura.

Aqui já escolhemos o nosso lado – somos mulheres independentes, trabalhadoras, feministas, a favor da liberdade e da natureza – e, felizmente, muitos artistas da nossa cidade também estão se mobilizando pra ser resistência.

rock sim ele nao

Rock sim, #elenão

13 bandas na Praia dos Crush tocam das 10 da manhã até as 8 da noite, em 10 horas de música como manifesto a favor da democracia, da liberdade de expressão e contra o autoritarismo. O evento é apartidário, produzido pelas bandas de forma colaborativa e independente.

Evento: https://www.facebook.com/events/2715346845358175/

Conheça as bandas:

OUSE

Zéis

Berg Menezes

Caike Falcão

Mad Monkees

Jangada Pirata

E mais:

Musavenal
Indigo Mood
Lemori
CID
Void Tripper
Remate
Pulso de Marte

Hardcore Contra o Fascismo

Também no sábado, em outro ponto da cidade, mais precisamente no Parque Araxá, rola o Hardcore Contra o Fascismo, a partir das 15 horas.

hardcore contra o fascismo fortaleza

Evento: https://www.facebook.com/events/250280312305787/

Além dos shows, vai rolar conversa e debate sobre as eleições e “essa perigosa realidade que estamos vivendo e que pode piorar ainda mais com essa possibilidade de ter como um presidente do país alguém que defende ideias fascistas, de controle e aniquilamento das liberdades de expressão, movimentos culturais e sociais, que deseja em rede nacional a extinção de povos, jogando fora todas as pequenas conquistas dos direitos humanos”.
Ajude a divulgar, se some aos artistas, ganhe as ruas! Nunca foi tão importante se envolver!

Deixe um comentário