Semana Fashion Revolution em Fortaleza – Quem fez as nossas roupas?

0
243

fashion revolution fortaleza

Você sabe dizer quem fez as suas roupas? Sempre levantando questionamentos acerca da cadeia da moda, o Fashion Revolution nasceu em 2013 e chega a Fortaleza no final do mês, entre os dias 23 e 27 de abril. Mas, afinal, o que eles fazem e o que vai acontecer no evento?

 Rana Plaza bangladesh fashion revolution

Tudo começou no dia 24 de abril em 2013. No país asiático Bangladesh, o edifício Rana Plaza desaba, matando mais de mil pessoas e deixando mais de 2500 feridas. Era lá a “””sede””” de confecções, que produziam roupas para o mundo todo, em condições, como deu para perceber, super precárias.

fashion revolution

O desastre fez algumas pessoas acordarem e olharem com atenção a cadeia de moda, o modelo fast fashion e, principalmente, as pessoas que estava por trás dessas roupas. Assim nasceu o Fashion Revolution, um movimento global presente em mais de 90 países com o intuito de questionar e discutir os impactos dessa indústria na vida de pessoas e comunidades, lutando por uma transformação nesse gigante mercado.

fashion revolution who made my clothes

“Na Semana Fashion Revolution, convidamos a todos para refletirem sobre a procedência de nossas roupas, questionar e exigir transparência. Não podemos mais aceitar que os direitos dos trabalhadores sejam negados, precisamos olhar para o que é prioridade: quem está por trás”, explica Fernanda Simon, coordenadora do movimento no Brasil.

fashion revolution who made my clothes

Os eventos em Fortaleza acontecerão nos dias 23, 24, 25, 26 e 27 de abril, em quatro
instituições de ensino: Unifanor|Wyden, Unifor, Faculdade Ateneu e Universidade Federal do Ceará (UFC),com mesas redondas, exibição do filme River Blue, Workshop e Oficina. Nesse ano, também será publicado, pelo Fashion Revolution global, a terceira edição do Índice de Transparência da Moda (Fashion Transparency Index), que inclui grandes marcas globais e um manifesto que irá disseminar a visão do movimento.

river blue

As mesas redondas abordarão os seguintes temas: sustentabilidade na moda, transparência na moda, moda circular, economia colaborativa, gestão de brechós, cadeia produtiva do algodão e o trabalho da mulher no semiárido com o plantio do algodão. No workshop sobre armário cápsula e na oficina de upcycling, o tema será sustentabilidade na moda e e os dois serão realizados na Universidade Federal do Ceará (UFC).

Confira a programação:

Dia: 23/04
Mesa redonda + exibição do filme River Blue
Local: DeVry|Unifanor
Horário: 19h às 22h
Composição mesa:
Mariana de Castilho – Ateliê Pavão Misterioso;
Olga Moara – Borandá Sapatos;
Isabella Freire – Muambada Brechó.
Inscrições: https://www.facebook.com/events/204846926935921/?event_time_id=204846933602587

Dia: 24/04
Mesa redonda + exibição do filme River Blue
Local: Universidade de Fortaleza (Unifor)
Horário: 19h às 22h
Composição mesa:
Gustavo Lima – Meu Óculos de Madeira (MOM);
Gabrielle Barbosa Donatila Brechó;
Renata Santiago – Professora do curso de Design de Moda da Unifor e diretora criativa e estilista do grupo ModaParaMim;
Waldemar Tilesse – Ong ESPLAR – Projeto consórcios agroecológicos com algodão mocó
(Agricultura familiar associada ao meio urbano).
Inscrições: https://www.unifor.br/web/guest/evento?event=815515

Dia: 25/04
Mesa redonda + exibição do filme River Blue
Local: Faculdade Ateneu
Horário: 19h às 22h
Composição mesa:
Gabriela Sanders – Professora do curso de Design de Moda da Faculdade Ateneu;
Anna Caroline – Brechó Arara;
Simone Barreto – Artista visual.
Inscrições: https://www.facebook.com/events/204846926935921/?event_time_id=204846933602587

Dia: 26/04
Mesa redonda + exibição do filme River Blue
Local: Universidade Federal do Ceará (UFC)
Horário: 09h às 12h
Composição mesa:
Karina Ribeiro – Catarina Mina;
Raquel Praxedes – Elabore Collab Store;
Davi Sombra – Professor do curso de Design de Moda da UFC

Dia: 27/04
Workshop e Oficina
Local: Universidade Federal do Ceará (UFC)
Workshop: Armário Cápsula
Ministrante: Mariela Fassanaro – Personal Stylist
Horário: 09h às 12h
Oficina: Upcycling (vagas limitadas)
Ministrante: Francisco Matias – Ateliê Pavão Misterioso
Horário: 14h às 17h
Inscrições: inscricaofrfortaleza@gmail.com (nome completo e telefone)

fashion revolution

Conheça alguns avanços do Fashion Revolution:

– Ano passado 2,5 milhões de pessoas se envolveram com o movimento;
– Mais de 100 mil pessoas questionaram #whomademyclothes;
– 2.416 marcas responderam a hashtag e compartilharam informações sobre a sua cadeia produtiva. Mais de 150 grandes marcas publicaram onde são feitas suas roupas;
– Por ano, mais de 3.600 profissionais responderam #imadeyourclothes;
– Mais de 1.300 fábricas foram inspecionadas em Bangladesh desde a tragédia do Rana Plaza;
– O governo de Bangladesh aumentou em 77% o salário mínimo da área – agora são $68 por mês;
– Mais de 70 marcas se comprometeram a participar da campanha Detox do Greenpeace, que consiste em eliminar os produtos químicos prejudiciais das cadeias de produção da moda. Juntas, essas marcas representam 15% da produção têxtil global.

Dados do Brasil:
– Em 2017, 225 eventos aconteceram em 37 cidades durante a Semana Fashion Revolution;
– 150 atividades aconteceram em 50 faculdades, com a participação de 31 estudantes embaixadores;
– O Brasil foi o país com o maior uso da hashtag #fashionrevolution, com 19% das menções
mundiais, totalizando 4.884.

Deixe um comentário